A Impisa iniciou suas atividades, como PROJETO IMPISA, em 1993, realizando um Programa denominado “Acampamento Vivencial para Adolescentes” cujo objetivo era criar um “ambiente de aprendizagem” em que adolescentes de 11 a 15 anos, de ambos os sexos, pudessem aperfeiçoar a capacidade de atuar em equipe, de avaliar riscos, de planejar, de fazer suas próprias escolhas, além de desenvolver a criatividade, a iniciativa e a autoconfiança, a partir das próprias experiências vividas durante o processo, o que lhes possibilitaria ter uma ação no mundo instrumentalizada pela autopercepção, pela clareza das preferências, das necessidades, e do efeito das suas atitudes, gerando pertinência de comportamento e fomentando a autonomia. Este é um produto específico da Impisa atualmente, e pode ser conhecido em um espaço próprio, aqui no site

   Desenvolvemos ainda, entre outros programas, o Programa intitulado “Vivência em Facilitação de Aprendizagem”, concebido para educadores, objetivando trabalhar a perspectiva construcionista em educação, seja através de grupos abertos, seja através de grupos fechados com escolas.

    Durante o ano de 1998, a Impisa concebeu o Programa EMPREENDEDOR TEEN, tendo realizado uma turma piloto do programa na Escola Monteiro Lobato, no período de setembro a dezembro do referido ano. Esta metodologia foi adquirida pelo sistema SEBRAE e pertence hoje ao SEBRAE-AL, que detém os direitos patrimoniais sobre a mesma, mantendo a IMPISA os direitos autorais. O programa já foi implantado em Alagoas e Pernambuco.

     Ainda na área educacional, a IMPISA vem realizando um trabalho de consultoria a escolas e instituições educacionais, com vistas a levar o corpo técnico e o corpo docente a refletirem sobre atitudes e estratégias por eles adotadas no processo pedagógico, na relação com alunos e pais, e entre eles próprios, além de treinamento em temas específicos, a exemplo dos realizados na Escola Alternativa, em Arapiraca, nas Escolas Monteiro Lobato e Maria Montessori, em Maceió, e na Escola do Governo em Alagoas. Estas atividades vinham sendo desenvolvidas até dezembro de 1998 por alguns de seus sócios como pessoas físicas, embora sendo parte da proposta da empresa, em função de questões administrativo-burocráticas, tendo passado à esfera da Impisa propriamente dita a partir de janeiro de 1999, em virtude de sua constituição como pessoa jurídica.

    O Núcleo Educacional da Impisa se propõe a atuar junto a escolas e instituições educacionais em geral, fazendo assessoramento pedagógico e atuando com o desenvolvimento de programas específicos.